ANPECOM - Associação comercial por uma economia de comunhão. Logomarca da ANPECOM, composta por meio globo mostrando o mapa do Brasil seguido do nome da associação

Conferência da EdC no Brasil, Prophetic Economy e Economia de Francisco: o que esses eventos têm em comum?

13/09/2019
Mesmo se mais silenciosas, muitas iniciativas engajadas em mudar essas regras injustas do nosso sistema econômico vêm sendo praticadas e implementadas, a nível nacional e global

Mudanças climáticas, aumento da desigualdade e da pobreza. Todos os dias somos bombardeados por notícias que exaltam a verdadeira crise ecológica e social que estamos vivenciado. Isso sem contar todas as outras que flagelam a humanidade.

Na raiz desses problemas está um sistema econômico injusto e a prevalência de políticas de curto prazo e muito pouco focadas no bem comum.

Mas é verdade também que, mesmo se mais silenciosas, muitas iniciativas engajadas em mudar essas regras injustas vêm sendo praticadas e implementadas, a nível nacional e global.

Alguns eventos importantes foram, e estão sendo, realizados para mostrar à sociedade essas ações, de vida e de negócios, tão importantes. É o caso da “Prophetic Economy”, da Conferência Nacional da Economia de Comunhão, e também da recente iniciativa lançada pelo Papa, a “Economia de Francisco”.

Veja como elas se complementam.

Prophetic Economy, Conferência EdC no Brasil e Economia de Francisco

Novembro de 2018, Roma. Intitulado Prophetic Economy, o evento reuniu pessoas de mais de 35 países envolvidas em projetos de cunho econômico, ligados a organizações civis e religiosas, com o intuito de unir forças e trabalhar por um desenvolvimento humano integral e por um mundo mais sustentável. 

O Prophetic Economy contou com a colaboração de instituições como ATD Quart Monde, Associazione Papa Giovanni XXIII, Nomadelfia, Global Catholic Climate Movement, Slotmob, Mondo Comunità e Famiglia e Ragazzi per l’Unità. Todas elas comprometidas com soluções coletivas e sustentáveis para os problemas do nosso tempo.

Foi um verdadeiro sucesso e a confirmação de que não estamos sozinhos. Muito pelo contrário, somos muitos e precisamos nos unir.

 

Setembro de 2019, São Paulo. Em nível nacional, a Conferência da Economia de Comunhão, a ser realizada em São Paulo, entre os dias 19 a 21 de setembro, também reunirá soluções, ligadas ou não à EdC, com esses propósitos. 

O evento contará com a presença, por exemplo, de João Bernardo, especialista em gestão ambiental, empreendedor e co- fundador da Ionica e um dos membros do conselho do Sistema B, um movimento motivado a construir uma economia inclusiva e baseada no bem-estar das pessoas.

Outro convidado será Fabio Takara, idealizador e fundador da Firgun, organização que incentiva o microcrédito justo para empreendedores de baixa renda.

Além do compartilhamento de experiências de vida, cases de negócio e worskhops, a Conferência também abordará as raízes da EdC, seus potenciais para o século XXI e também e a Assembleia Nacional, com sua apresentação anual de resultados. 

Inscreva-se aqui.

Março de 2020, Assis. Aliás, toda a programação da Conferência Nacional, assim como da Prophetic Economy, foram pensadas como preparação para outro evento global a ser realizado em março, na Itália, e tão desejado pelo Papa Francisco.

Tendo como cenário a cidade de Assis, o evento “Economia de Francisco”, reunirá, a convite do Papa, jovens economistas, empresários e empresárias do mundo todo.

O nome não é uma referência ao Papa, mas a São a São Francisco de Assis que viveu com coerência sua vida cristã também no plano econômico e social.

E esse é o desejo do Papa, conhecer e incentivar jovens que trabalham em negócios de impacto que “fazem viver e não matam, inclui e não excluem, humanizam e não desumanizam, cuidam da criação e não a depredam”, nas palavras de Francisco.

Então, se você tem o desejo de conhecer pessoas que trabalham com propósito de vida e negócios que que têm raízes no desenvolvimento de uma sociedade com mais valores e menos desigualdade, venha participar da Conferência Nacional da Economia de Comunhão.

Esperamos por você! 

 

Veja a programação completa:

Dia 19/09: IMERSÃO EdC: APROFUNDAMENTO DE SUAS RAÍZES MÍSTICAS E CARISMÁTICAS

08:45 – Abertura

09:00 – Recuperando a memória e revivendo a experiência: do surgimento do Carisma da Unidade ao lançamento da Economia de Comunhão em 1991 (Primeira parte).

Contexto cultural do surgimento do Movimento dos Focolares na década de 40. Comunhão e cultura de comunhão, do que se trata?

Economia de Comunhão em 1991: porque Brasil, porque empresas, porque um movimento econômico?

10:15  – Coffee break

10:40 – Recuperando a memória e revivendo a experiência: do surgimento do Carisma da Unidade ao lançamento da Economia de Comunhão em 1991 (Segunda parte).

12:00 – Almoço

14:45  – Economia de Comunhão no século XXI, a partir de 1991: o que nos identifica e o que nos potencializa?

16:00 – Coffee break

16:25 – Caso Femaq e experiência da família Leibholz (compõem o grupo das primeiras empresas e dos primeiros empresários de EdC do mundo)

Comunhão entre participantes.

Dia 20/09: FÓRUM NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO | MERCADO, ÉTICA E GOVERNANÇA: OS DESAFIOS DA GESTÃO INOVADORA

08:30 – Credenciamento

09:15 – MERCADO, ÉTICA E GOVERNANÇA: OS DESAFIOS DA GESTÃO INOVADORA

Maria Helena Ferreira Fonseca Faller é presidente da Associação Nacional por uma Economia de Comunhão – ANPECOM, sócia da Pasticcino Brasil e professora universitária. Está Concluindo um doutorado em Direito Socioambiental na PUC/PR.

João Bernardo Casali é membro do Conselho do Sistema B Brasil, advogado e empresário fundador da Iônica. É especialista em Gestão Ambiental, em Novas Economias e designer em sustentabilidade. É educador do PNUD e já trabalhou em diversos modelos de organizações como: Greenpeace Australia, Cecoedecon India, Aiesec Science-Po França, Azadive Itália, Secretaria Estadual do Ambiente do Rio. Coordenador de Capacitação do grupo de Jovens das ONU e Delegado da Rio+20 (Conferência de desenvolvimento sustentável da ONU).

09:40 –Workshops Simultâneos (com coffee break interativo)

1)Empréstimos e financiamentos bancários no Brasil: desafios para o empreendedor

Facilitador: Paulo Cesar Starke Junior é contador formado na Universidade Estadual de Ponta Grossa e Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Paraná. Especialista em Administração pela Faculdade Católica de Administração e Economia. É Superintendente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE para os Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul. Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE foi fundado em 15 de junho de 1961 é uma Instituição financeira pública de fomento, controlada pelos três estados do Sul e conta com autonomia financeira e administrativa.

2)Gestão disruptiva (e inovadora) e governança de Economia de Comunhão

Facilitador: Rodolfo Leibholz é engenheiro mecânico pela Unicamp/SP e mestre em engenharia mecânica na área de materiais pela mesma universidade. Foi presidente da ESPRI/SA. É sócio da FEMAQ, empresa fundada em 1966, a qual produz peças fundidas de grande porte para indústria automobilística, ferramentas para prensas direcionadas para produção de carros e peças para mineração especial. A Femaq foi uma das primeiras empresas de Economia de Comunhão do mundo.

3)Negócios de impacto social e startups: tendências de mercado

Facilitadores: Júlio Bonilha é formado em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Maringá e trabalha na Stone. Marcos Groblackner, é formado em engenharia de materiais pela Universidade de São Paulo. Trabalhou na Gerdau na área de melhoria de processos e atualmente trabalha na Stone, com a função de empoderar os empreendedores do varejo. Stone Pagamentos é uma fintech brasileira de meios de pagamentos através dos seus serviços multibandeiras por intermédio de máquinas de cartões, processadoras de transações realizadas por cartões de crédito, débito e voucher. Atua no mercado desde 2014 em todo Brasil, oferta ações (IPO) na bolsa de valores de Nova Iorque (NASDAQ). É parte integrante da holding Stone Co., que possui outras empresas do ecossistema de pagamentos no Brasil.

12:15– Almoço e meeting.

15:45 – Cases de empreendedorismo com propósito.

1) Fabio Hideki Takara é idealizador e fundador da Firgun, engenheiro eletricista pela Escola Politécnica da USP. Morou no Japão e fez intercâmbio acadêmico de um ano na Ecole Polytechnique de Louvain, Bélgica. Atualmente faz MBA em Gestão de Negócios Socioambientais pelo ESCAS, empreender no setor 2,5 é o que sempre quis. FIRGUN é uma plataforma de empréstimos coletivos para empreendedores populares, que foi fundada com a missão de amenizar a desigualdade social brasileira, facilitando acesso a microcrédito justo para empreendedores de baixa renda. Conectam duas pontas de uma rede solidária: de um lado, empreendedores que precisam de capital para investir em seus negócios e de outro, pessoas que estão dispostas a investir para promover impacto positivo no mundo. São facilitadores de investimentos sociais e solidários.

2) Vandilson Alves é engenheiro mecânico, fundador e diretor da DOALTO. Conta com mais de duas mil (2.000) ARTs (Anotações de Responsabilidade Técnica/Contratos) em seu acervo técnico/CREA-BA. Atua no ramo de manutenção em elevadores e escadas rolantes há quase 30 anos, tendo gerido equipes especializadas em diversos estados. Colabora com o comitê técnico de elaboração de normas técnicas de abrangência do Mercosul e com a Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT para o segmento de elevadores e escadas rolantes. É consultor da Revista e do Programa Cadê o Síndico, da Rádio Metrópole para as questões sobre elevadores.

3)Priscila Marola Steinbach é graduada em administração de empresas com ênfase em Marketing pela Faculdade Estácio de Sá de SC (2005), pós-graduada em Desenvolvimento Gerencial pela FEPESE (2006), mestre em Turismo (2009) pela Universidade de La Coruña (Espanha). Trabalhou em empresas do setor bancário e da construção civil, até mudar totalmente a rota e abrir a sua agência de intercâmbios, que atualmente é encabeçada pelo seu esposo, Diogo Steinbach. Hoje, mãe de um casal, voltou a empreender e é sócia, junto de sua filha mais velha, Alice Marola Steinbach, de 5 anos, estudante do ensino primário, e que acaba de iniciar sua jornada como empreendedora da Mimo, marca e e-commerce de camisetas. Diogo  é graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006) e Mestrado em Finanças (2009) pela Universidade de La Corunha (Espanha). Atua há mais de 20 anos no setor da construção civil nas áreas de empreitada, construção e incorporação, tendo participado de mais de 60 empreendimentos na região da Grande Florianópolis. Atualmente é sócio de 3 empresas do setor: Hogar Empreendimentos Imobiliários (Médio/Alto-Padrão), Konkreta Construtora e Incorporadora (MCMV) e Unità Negócios Imobiliários (Imobiliária). MIMO é uma marca que, muito além de vender camisetas, tem como base três grandes pilares: a concretização de um sonho, a conciliação da maternidade com o empreender, e o desejo de espalhar o amor através de peças simples e carregadas de significado. HOGAR EMPREENDIMENTOS é uma construtora e incorporadora de Médio e alto padrão que atua há 9 anos na região da Grande Florianópolis. Uma empresa que nasceu nos pilares da Economia de Comunhão. KONKRETA CONSTRUTORA E INCORPORADORA é uma empresa com 9 anos de atuação no mercado de moradia popular na região da Grande Florianópolis, tendo já entregue 16 empreendimentos no programa Minha Casa Minha Vida.

4) João Bernardo Casali é advogado pela PUC-Rio, especialista em Gestão Ambiental pela COPPE, Novas Economias pela FGV-RJ e designer em sustentabilidade pelo GAIA Education. Foi pesquisador residente nas universidades Panthéon-Assas e Tor Vergata, educador do PNUD e consultor do Núcleo de Meio Ambiente da PUC Rio. Fundador da Iônica e membro do Conselho do Sistema B Brasil e da Goma. Já trabalhou em diversos modelos de organizações como: Greenpeace Australia, Cecoedecon India, Aiesec Science-Po França, Azadive Itália, Secretaria Estadual do Ambiente do Rio, Pinheiro Neto, Sergio Bermudes Advogados e Defensoria Pública do RJ. Foi cofundador da Libélula, do Coletivo Amigos Verdes; Coordenador de Capacitação do grupo de Jovens das ONU e Delegado da Rio+20 (Conferência de desenvolvimento sustentável da ONU). IONICA é um laboratório de pesquisa, desenvolvimento e implementação de projetos e negócios de triplo impacto de base científica que apoia as organizações públicas e privadas a viver um processo de transição através da inovação socioecológica, unindo a potência das tecnologias sociais, ambientais e digitais e a inteligência coletiva, construindo uma verdadeira cultura de sustentabilidade. Acelera a transformação dos negócios em direção à sustentabilidade, gerando soluções e iniciativas para o desenvolvimento estratégico de um capitalismo regenerativo e construindo bases para um futuro próspero e equilibrado.

5) Paulo Egidio Hoffmeister é formado em Administração pela UNISINOS, MBA em Gestão empresarial pela UNISINOS e especialização em Coach pela ESPM. Possui curso de Coach pelo Instituto brasileiro de Coaching – IBC. Atuou na na área financeira no Banco Mercantil de São Paulo e foi Diretor Delegado na empresa TPL Exportações (The Topline Corporation) na área de exportações de calçados. De 2011 em diante é diretor executivo na empresa UNITUR agência de Viagens e Turismo Ltda. UNITUR é uma agencia de viagens que atende todo mercado nacional. Foi criada em 1995, quando sucedeu as atividades da RAPTIM no extremo sul do Brasil, uma empresa especializada em passagens de baixo custo para missionários. Por esse motivo, desde o seu início, a UNITUR atende a uma grande clientela ligada ao meio religioso, que vai desde empresas e entidades eclesiais até a realização de grupos de peregrinações para os mais diversos santuários. Atualmente a empresa atende a diversos tipos de público, oferecendo uma infinidade de serviços ligados a viagens, seja por lazer, negócios ou fé.

18:00  – Encerramento Economia de Comunhão: de que tipo de comunhão estamos falando?

19:00 – Jantar e festa de confraternização

 

Dia 21/09: ASSEMBLEIA ANPECOM | APRESENTAÇÕES DOS RESULTADOS 2019